ALIMENTOS QUE AJUDAM NA CICATRIZAÇÃO DE FERIDAS

O que você come, pode afetar a taxa de recuperação, porque é necessária uma boa nutrição para uma cicatrização adequada.

Entenda por que a alimentação é importante no processo de cicatrização

A reparação e a reconstrução dos tecidos que ocorre durante a cicatrização, exige quantidades adequadas de energia e de nutrientes específicos que geralmente são tirados das reservas do organismo. Sendo assim, pacientes desnutridos ou com alimentação inadequada, podem ter o processo de cicatrização comprometido. 1

Confira os principais nutrientes que auxiliam no processo de cicatrização e onde encontrá-los: 2-5

Proteínas

 

Carboidratos

  • Fornecem energia para o processo de cicatrização das feridas. Podem ser encontrados em cereais, milho, trigo, massas, raízes e tubérculos.

Aminoácidos

  • Prolina: Aminoácido essencial para formação do colágeno. O Prolina possui como fonte de lipídios, os óleos vegetais (óleo de canola e o óleo de soja), castanhas, nozes e óleo de peixe.
  • Arginina: melhora a função imune e estimula a cicatrização da ferida.  Pode ser encontrada em fontes de proteínas e suplementos.

Vitaminas

  • Vitamina A: possui ação antioxidante, estimula a produção de colágeno e auxilia na regeneração da pele. Fontes alimentares: fígado, gema de ovo, óleos vegetais, cenoura, espinafre, manga e mamão.
  • Vitamina C: possui efeito antioxidante, estimula novos tecidos da pele e a produção de colágeno. Fontes alimentares: laranja, morango, kiwi, mamão papaya, goiaba e brócolis.
  • Vitamina E: possui propriedades anti-inflamatórias e diminui a formação de cicatrizes em feridas crônicas. Fontes alimentares: germe de trigo, semente de girassol, óleos vegetais (canola, girassol) e nozes.

Minerais

  • Zinco: Atua na formação do colágeno e na regeneração de tecidos. Fontes alimentares: carnes em geral, amêndoas e semente de abóbora.  
  • Selênio: possui função antioxidante e de ativação do sistema imunológico para otimizar sua função. Fontes alimentares: castanha-do-pará, semente de girassol e farelo de trigo.

Os suplementos podem ser úteis em determinadas circunstâncias, mas sua necessidade deve ser avaliada por um nutricionista antes de serem tomados.

Consulte um profissional da saúde para informações adicionais.  Este é um material informativo e não substitui a recomendação de um profissional da saúde.

Referências:

  1. Montenegro S. Proteína e Cicatrização de Feridas. Nutrícias. 2012;(14):27-30.
  2. Soriano J, Peréz E. Nutrição e Feridas Crónicas. Grupo Nacional para el Estudio y Asesoramiento em úlceras por Presión y Heridas Crónicas, 2011.
  3. Mendes D, et al. A importância da nutrição no processo de Cicatrização de Feridas. Revista Científica Univiçosa. 2017; 9(1).
  4. Campos T. O poder dos alimentos na cicatrização.  Revista Diabetes Brasil. 2016;(6):1.
  5. Leal E, Carvalho E.  Cicatrização de Feridas: O Fisiológico e o Patológico. Revista Portuguesa de Diabetes. 2014;9(3):133-143.

Código: NHS00031

Leia mais
Fechar
Uma ferida causa inúmeras mudanças no organismo devido a um processo catabólico (onde utiliza suas próprias reservas para repor energia e tecidos), que leva ao aumento das necessidades energéticas e nutricionais. 1