O que são Transtornos Mentais?

São doenças que podem atingir as pessoas em diversas idades, com manifestação psicológica associada a algum comprometimento funcional resultante de disfunção biológica, social, psicológica, genética, física ou química.1

Tipos de Transtornos Mentais e seus sintomas

Os Transtornos Mentais Comuns (TMC) compreendem sintomas como: 2

  • Insônia;
  • Fadiga;
  • Esquecimento;
  • Irritabilidade
  • Dificuldades de concentração;
  • Múltiplas queixas físicas;
  • Sentimento de inutilidade.

Entre os Transtornos Mentais Graves (TMG), estão: 3

  • Depressão;
  • Transtorno afetivo bipolar;
  • Esquizofrenia e outras psicoses;
  • Demência;
  • Autismo.

Consequências dos Transtornos Mentais

Ter algum tipo de Transtorno Mental pode causar inúmeros prejuízos para a saúde e a vida do indivíduo, como por exemplo: sofrimento psíquico e somático, discriminação, isolamento social, interrupções nas atividades acadêmicas e laborais, abuso de álcool e drogas, suicídios, homicídios, auto e heteroagressões, baixo rendimento ocupacional e acadêmico e aumento da mortalidade. 5

Tratamento dos Transtornos Mentais

O paciente com Transtorno Mental, muitas vezes, requer um tratamento contínuo com necessidade de múltiplas intervenções, que resultam de uma abordagem multiprofissional por meio de terapias em grupo e/ou individuais, além do uso de psicofármacos, entre outros. 6

O uso de medicamentos é um importante recurso no tratamento da saúde mental, sem o objetivo de curar, mas de contribuir para o bem-estar físico e mental, auxiliando na reinserção social e no restabelecimento da autonomia do paciente. 7

Os Transtornos Mentais são modulados por diversos fatores e, esses fatores podem ou não sofrer influência por nutrientes obtidos dos alimentos. 8

Consulte um profissional da saúde para informações adicionais.  Este é um material informativo e não substitui a recomendação de um profissional da saúde.

 

Referências

 

1- Santos E, Siqueira M. Prevalência dos Transtornos Mentais na população adulta brasileira: uma revisão sistemática de 1997 a 2009. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. 2010;59(3):238-246. 2- Souza L, et al. Prevalência de Transtornos Mentais comuns em adultos no contexto da Atenção Primária à Saúde. Revista Portuguesa de Enfermagem de Saúde Mental. 2017;(18):59-66. 3- OPAS Brasil. Folha informativa – Transtornos Mentais. https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5652:folha-informativa-transtornos-mentais&Itemid=839 4- World Organization Health. Investing in mental health: evidence for action. Geneva: World Organization Health; 2013. http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/87232/1/9789241564618_eng.pdf 5- Gonçalves Daniel Maffasioli, Kapczinski Flavio. Prevalência dos Transtornos Mentais em indivíduos de uma unidade de referência para o Programa Saúde da Família em Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil. Cad. Saúde Pública. 2008;24(9):2043-2053. 6- Souza C, et al. Transtorno bipolar e medicamentos: adesão, conhecimento dos pacientes e monitorização sérica do carbonato de lítio. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2013;21(2):624-631. 7- Alcântara C, et al. A terapêutica medicamentosa às pessoas com Transtorno Mental na visão de profissionais da enfermagem. Esc. Anna Nery. 2018;22(2):e20170294. 8- Bigueti B, et al. Nutrientes Essenciais na Prevenção da Doença de Alzheimer. Revista Ciências Nutricionais Online 2018;2:(2)18-25.
NHSDIG411019

 

Leia Mais
Fechar

Estima-se que cerca de 650 milhões de pessoas apresentem alguma especificidade de Transtorno Mental. 4