Embalagens: reciclar, retornar, reutilizar

All page components
banner
Embalagens: reciclar, retornar, reutilizar

Você já ouviu falar dos 7 Rs da sustentabilidade?


Reduza: diminua seu consumo — você pode consertar ao invés de comprar ou deixar de comprar itens com embalagens desnecessárias, por exemplo.


Reaproveite: invente novos usos para produtos antigos e dê preferência aos reutilizáveis, como guardanapos de pano e canudos de alumínio.


Repense: uma reflexão sobre seus hábitos é o caminho para uma vida sustentável — pense antes de comprar e adapte sua rotina para economizar recursos.


Responsabilize-se: evite o desperdício comprando somente os alimentos que vai consumir e conheça bem sua origem.


Reintegre: restos de alimentos podem voltar à natureza na forma de compostagem, se transformando em adubo — dá para fazer até em apartamento.


Recuse: deixe de consumir produtos de empresas que não respeitam o meio ambiente e dispense itens não sustentáveis, como sacolas plásticas.


Recicle: separe sempre seu lixo e o encaminhe à prefeitura ou às cooperativas de catadores da sua cidade.


O Ministério do Meio Ambiente traz dados preocupantes sobre o descarte de embalagens no Brasil:


item item item

O resultado são aterros e lixões lotados, dificuldade na degradação de outros resíduos, morte de animais que ingerem substâncias nocivas, poluição da paisagem e até problemas na rede elétrica por materiais presos nos fios.


Quer fazer sua parte para virar esse jogo? Conheça três tipos de embalagem e como é o reaproveitamento de cada uma.


Embalagem Reciclável


Papel, papelão, vidro, metal e plástico são alguns dos materiais que podem passar pela reciclagem — o processo que transforma um produto usado em um material completamente novo por meio de ação física, química ou biológica. Encaminhar itens para serem reciclados é uma das armas mais poderosas para a sustentabilidade, e está ao alcance de todos.


illustration illustration illustration
illustration

Como fazer?


Como fazer?

Simplifique a reciclagem: tenha em casa uma lixeira para o lixo úmido (orgânico) e outra para o lixo seco (embalagens).


Limpar as embalagens antes de serem recicladas é fundamental para que os restos orgânicos não deteriorem todo o material dentro do saco de lixo.


Nas cidades onde não há coleta seletiva pela prefeitura, o descarte pode ser feito por meio de cooperativas independentes (busque no app Cataki).


Esteja atento a itens recicláveis que, por fatores econômicos ou logísticos, raramente passam pelo processo, como o isopor ou o copo de plástico. Evite seu uso!


Embalagem Retornável


Resistentes a múltiplas lavagens e utilizações, essas embalagens podem retornar para a fábrica após o consumo de seu conteúdo. Itens de vidro, plástico ou ferro são devolvidos pelo consumidor e, depois de higienizados, voltam às lojas e supermercados para serem comercializados de novo.


illustration

Como fazer?


Como fazer?

Fique de olho na devolução das embalagens: algumas empresas disponibilizam a coleta no próprio ponto de venda e outras até retiram os itens na sua casa.


Não só os recursos do planeta são poupados com os itens retornáveis: a redução de custos no ponto de venda pode chegar a 30%.


Existem embalagens retornáveis para muitos dos itens que você consome, como detergentes, refrigerantes e até cosméticos. Se informe e escolha.


Embalagem Reutilizável


Também feitas de material durável, seu design e composição permitem que o consumidor as utilize muitas vezes. Ferro, madeira, diferentes tipos de plástico, vidro e tecido são utilizados — cada um garantindo um período diferente de vida útil ao produto.


illustration illustration illustration
illustration

Como fazer?


illustration